PROTEÇÃO AO EMPREGO Ministro recebe sugestões para o PPE em encontro com membros da Anfavea

Ronaldo Nogueira destaca que diálogo é importante para aprimorar Programa que já beneficia 55,9 mil trabalhadores

A Associação Nacional dos Fabricantes de Veículos Automotores (Anfavea) apresentou ao ministro do Trabalho, Ronaldo Nogueira, sugestões de ajustes do Programa de Proteção ao Emprego (PPE). “Trata-se de um instrumento importante que nos ajudará em momentos de maior complexidade. Mas precisa de pequenos aperfeiçoamentos, que deixarão as empresas mais confortáveis”, explicou o presidente da entidade, Antonio Megale, após a reunião realizada, nesta terça-feira (21), em Brasília (DF).

No encontro, Ronaldo Nogueira lembrou que o Comitê do PPE já está avaliando mecanismos para aprimorar e ampliar o Programa. “Queremos dar prioridade ao tema”, afirmou o ministro, que destacou a importância do diálogo e da apresentação de sugestões pelas partes envolvidas no processo.

PPE – Implantado em julho de 2015, o Programa de Proteção ao Emprego já recebeu 151 pedidos de adesão, dos quais 111 foram aprovados e 40 estão em análise. Com 26 pedidos, o setor automobilístico é responsável pelo segundo maior número de solicitações.

Com investimento de R$153,3 milhões em recursos do Fundo de Amparo ao Trabalhador (FAT), o número de trabalhadores que tiveram seus empregos preservados pelo Programa chega a 55.995. Se todas as solicitações de adesão forem aprovadas, o total de recursos alcançará R$ 160,4 milhões, beneficiando 60.018 trabalhadores.

Fonte: INSS

Open chat
Fale conosco!
X