‘Prévias são o instrumento mais legítimo de escolha’

Governador que deve presidir o PSDB a partir de dezembro minimiza a discórdia entre Alckmin e Doria pela Presidência

Entrevista com

Marconi Perillo, governador de Goiás

Felipe Frazão, enviado especial a Alto Paraíso de Goiás (GO), O Estado de S.Paulo

09 Setembro 2017 | 03h00

Favorito para assumir o comando do PSDB em dezembro e liderar o partido na campanha presidencial de 2018, o governador de Goiás, Marconi Perillo (PSDB), 54 anos, afirmou que as prévias são “o meio mais democrático” para que o PSDB escolha seu candidato à Presidência em 2018.

O governador de Goiás, Marconi Perillo (PSDB) Foto: Nilton Fukuda/Estadão

Perillo articula para chegar como postulante único à direção da legenda em dezembro, impulsionado pela relação com os presidenciáveis Geraldo Alckmin, governador de São Paulo, e João Doria, prefeito da capital paulista. Ele minimiza o embate cada dia mais ruidoso entre eles e diz que”prevalecerá o bom senso”.

Fonte:  Estadão

Open chat
Fale conosco!
X