Pela sexta semana consecutiva, mercado reduz projeção de expansão do PIB.

De acordo com a pesquisa semanal Focus, do Banco Central, em 2012 a expansão da economia brasileira será menor, de 2,30% 


O mercado financeiro reduziu pela sexta semana consecutiva a aposta de crescimento da economia brasileira em 2012. De acordo com a pesquisa Focus realizada pelo Banco Central, a previsão dos analistas para a expansão do Produto Interno Bruto (PIB) em 2012 recuou de 2,53% para 2,30%. A previsão reforça a expectativa de que a economia crescerá menos que os 2,70% do ano passado. Quatro semanas atrás, a projeção era de crescimento de 3,09% neste ano.


Também piorou a previsão para 2013. De acordo com a pesquisa, a estimativa de expansão da economia brasileira recuou de 4,30% para 4,25%. Um mês atrás, economistas previam crescimento de 4,50%.


Uma das principais causas do pessimismo é a indústria. Entre os analistas, a estimativa de crescimento do setor em 2012 caiu de 1% para 0,63%. Para 2013, economistas esperam recuperação. Mesmo assim, a estimativa de avanço industrial no próximo ano também piorou e recuou de 4,20% para 4%. Um mês antes, a pesquisa apontava cenário com crescimento industrial de 1,58% neste ano e de 4,20% no próximo ano.


Analistas reduziram ainda a previsão para o indicador que mede a relação entre a dívida líquida do setor público e o PIB em 2012 de 35,85% para 35,70%. Para 2013, a projeção seguiu em 34,25%. Há quatro semanas, as projeções estavam em, respectivamente, 35,9% e 34,5% do PIB para cada um dos dois anos.


Fonte: ABAT

Open chat
Fale conosco!
Powered by
X