INSS vai estender por três meses antecipação do pagamento de auxílio-doença e BPC

O Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) irá prorrogar por mais três meses a antecipação de um salário mínimo (R$ 1.045) mensal para trabalhadores que estão na fila do auxílio-doença ou que solicitarem o benefício.

Desde abril, portaria havia permitido a antecipação por três meses, por causa da pandemia do coronavírus.

Segundo informaram ao blog fontes do governo, o entendimento é que ainda será necessário evitar que as pessoas se exponham e saiam de casa para encaminhar este tipo de auxílio.

Assim, a antecipação irá ocorrer até setembro.

A prorrogação por mais três meses da antecipação valerá também para o BPC (Benefício de Prestação Continuada).

As agências físicas do INSS irão reabrir a partir de 13 de julho, retomando cerca de 80% do atendimento. Segundo fontes do órgão, a retomada será de cerca de 60% das agências e todas as grandes cidades voltarão a ser atendidas. Funcionários que fazem parte dos grupos de risco seguirão em teletrabalho.

Em áreas remotas da Amazônia, onde comunidades ribeirinhas dependem de atendimento via barco, o órgão já retomou os atendimentos físicos há duas semanas.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Open chat
Fale conosco!
X