Greve da Receita, ainda sem data para o fim, afugenta investidores externos

A categoria permanece em estado de greve e operação padrão em quase todo País
O impasse sobre projeto de lei que trata do acordo entre Governo e auditores fiscais, pode afugentar investidores externos devido a desetruturação da Receita Federal.

A categoria permanece em estado de greve e operação padrão em quase todo País.

Em março, após mais de um ano de negociações, os auditores fiscais firmaram acordo com o Governo contemplando entre outros itens, reajuste salarial e plano de carreira.

No entanto, no final de julho, um substitutivo do projeto, feito pelo deputado Wellington Roberto (PR-PB) gerou insatisfação.

O diretor de defesa profissional do Sindifisco, Fochi Simão Jr. assinalou que os investimentos externos podem ser abalados. “Quando um grande contribuinte sabe que a Receita não tem capacidade de fiscalizá-lo, ele passa a fazer planejamento abusivo. Então acaba pagando imposto aquele coitadinho que tem descontado na fonte”, disse.

Fonte: Jovem Pan

Open chat
Fale conosco!
X