Fundação ANFIP define estratégias de trabalho para o segundo semestre

Os conselheiros da Fundação ANFIP estiveram reunidos virtualmente, na tarde desta segunda-feira (06/7), para definir estratégias de trabalho deste segundo semestre. Abrindo o encontro, o presidente da ANFIP e membro do Conselho Curador da Fundação ANFIP, Décio Bruno Lopes, reforçou a importância da utilização de webconferências para encaminhamento das atividades e a presidente da Fundação ANFIP, Margarida Lopes de Araújo, enfatizou a relevância da reunião conjunta para maior celeridade dos processos.

Como primeiro tópico da pauta, os conselheiros trataram da aprovação de contas do exercício 2019 da Fundação ANFIP. Com o tempo restrito para apresentação do balancete devido à pandemia da Covid-19, será solicitado ao Ministério Público um prazo maior para a conclusão da prestação de contas. O membro do Conselho Curador , Floriano José Martins, sugeriu que o prazo  solicitado fosse até 30 de dezembro para que houvesse tempo hábil para realização das reuniões do Conselho Fiscal e do Conselho Curador para avaliar e emitir os pareceres que  farão parte da Prestação de Contas enviada ao Ministério Público.” Vamos contar com a colaboração de todos para concluir essa demanda”, observou Margarida Lopes, sendo a decisão acatada por todos. Ainda este ano, a Fundação ANFIP deverá eleger relator e presidente do Conselho Fiscal e o presidente e secretário do Conselho Curador.

Cursos e aperfeiçoamento

Em sequência, o vice-presidente Executivo da ANFIP e membro do Conselho Curador da Fundação ANFIP, Márcio Gheller, falou sobre a construção e emissão de cartilhas e cursos por parte da Fundação ANFIP. “A Fundação precisa dar um salto na produção de cursos e conteúdos através de novas parcerias acadêmicas e também de lives”.

Em concordância, o presidente Décio Lopes ressaltou que “os grupos de trabalho já constituídos devem dar continuidade às suas demandas, não tem problema fazer de casa. Somente as reuniões presenciais foram paralisadas, mas os trabalhos continuam de forma virtual”. O assessor de Estudos Socioeconômicos da ANFIP, Vilson Antonio Romero, colaborou explicando que as parcerias podem ser feitas com diversas instituições que permeiam os temas de defesa da ANFIP. “Publicações digitais e uma rotina de eventos sobre temas importantes para o público interno da ANFIP farão a diferença”, disse Romero.

Participaram também do encontro Nilza Garutti (diretora de Estudos, Planejamento e Projetos), Luiz Carlos Corrêa Braga (diretor de Eventos, Cursos e Publicações), os membros do Conselho Fiscal Ercília Leitão Bernardo, José Tibúrcio Tabosa, Paulo José Vieira da Silva e os membros do Conselho Curador Cesar Roxo Machado e José Arinaldo Gonçalves Ferreira.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Open chat
Fale conosco!
Powered by
X