É hora de repensar o Estado brasileiro, rebate ANFIP em live com líder do governo

As ações do governo no combate ao coronavírus, com foco na importância da Seguridade Social e dos servidores públicos, foi o tema da Live Série ANFIP, realizada nesta quarta-feira (6/5), com participação do líder do governo na Câmara, o deputado federal Vitor Hugo (PSL/GO).

Pela ANFIP, participaram o presidente Décio Bruno Lopes, o vice-presidente Executivo, Mário Humberto Gheller, e o assessor de Estudos Socioeconômicos, Vilson Antonio Romero. Como convidado, também esteve no debate o presidente do Fórum das Carreiras Típicas de Estado (Fonacate), Rudinei Marques.

Ao defender o modelo de Seguridade Social do Brasil, Décio Lopes ressaltou que “se não fossem os sistemas de proteção social, já arraigados na legislação brasileira, na Constituição Federal especificamente, agora estaríamos com muito mais dificuldades”.

O presidente da ANFIP também criticou a forma como o governo tem cobrado do servidor público a fatura da crise em que o país se encontra, como se fosse ele o causador dos problemas do Estado. “Este, talvez, seja o momento de repensar o Estado brasileiro, os programas de proteção social e a importância do serviço público e dos servidores para que o Estado consiga prestar os serviços à população e cumprir com aquilo que é sua função constitucional”, afirmou Décio Lopes.

Ele acrescentou ainda: “Não será a diminuição do Estado, a política ultraliberal, com redução do Estado a Estado mínimo, com o servidor público sendo massacrado, que vamos chegar a uma situação ótima de Estado. Nesses termos, vem a seguinte questão: se estamos nessa crise, com a necessidade de o Estado repassar recursos para a atividade econômica, para as ações dos estados e municípios, como será o dia depois? Será que, após passada essa crise, o servidor será de novo chamado a pagar a conta que não contribuímos para que ela existisse?”.

No debate, o deputado Vitor Hugo ressaltou que “o governo tem uma agenda liberal, que é preocupada com os gastos públicos”. Ele falou das ações do Executivo no combate à pandemia da Covid-19, das proposições que tramitam no Congresso Nacional para enfrentamento da crise e adiantou pontos de interesse do atual governo na Reforma Administrativa. “O governo quer enxugar a máquina pública”, disse.

Assista abaixo a íntegra da live, também disponível nas páginas da ANFIP no Facebook e Youtube.

 

Fonte:https://www.anfip.org.br/carreira/e-hora-de-repensar-o-estado-brasileiro-rebate-anfip-em-live-com-lider-do-governo/

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Open chat
Fale conosco!
X