Campanha Salarial: Ato do próximo dia 8 será em frente ao Planejamento

A ANFIP, representada pelo presidente, Álvaro Sólon de França, e pelo vice-presidente de Política Salarial, Benedito Leite Sobrinho, e as demais entidades da Campanha Salarial Conjunta reuniram-se nesta quinta-feira (2) para definir mais detalhes do ato público do próximo dia 8. Na data, as entidades farão uma mobilização na área em frente ao Ministério do Planejamento, no bloco K da Esplanada dos Ministérios, a partir das 14h30, para protestar contra a falta de apresentação de uma proposta salarial por parte do governo. A mudança de local – o ato seria no Palácio do Planalto – foi decidida a fim de garantir maior organização ao movimento e em razão das dificuldades de acesso à área do Palácio.

As entidades também decidiram fazer contatos com parlamentares e com outras autoridades, para convidá-los a participar do ato e mobilizá-los a apoiar o movimento, de forma a viabilizar a interlocução com o governo. Os representantes dos servidores enviarão ainda um ofício ao ministro da Secretaria-Geral da Presidência da República solicitando audiência.

Em reunião na manhã desta quarta-feira (1º), a ANFIP, representada pelo presidente Álvaro Sólon, enfatizou a necessidade de as entidades atuarem em outras frentes para garantir o reajuste salarial (leia aqui). Nessa linha, a Associação ingressou, em novembro de 2011, com mandado de injunção no Supremo Tribunal Federal para garantir o cumprimento do artigo 37 da Constituição, que prevê a correção anual dos salários dos servidores públicos (acesse aqui). A ANFIP também tem atuado ativamente no Congresso pela aprovação da PEC 156/2012, que introduz inciso no parágrafo 5º do art. 165 da Constituição Federal determinando a inclusão do reajuste geral do funcionalismo, previsto no artigo 37, na lei orçamentária. Na prática, significa garantir ao servidor da União reposição anual das perdas inflacionárias.

Fonte: AGAFISP

Open chat
Fale conosco!
X