Brasil e Coreia iniciam conclusão de acordo de Previdência Social

Começou hoje (19) a negociação para a operacionalização do Acordo de Previdência Social entre o Brasil e a Coreia do Sul. A reunião segue até quarta-feira (21), quando estão previstas a conclusão dos formulários de requerimento e a visita das delegações dos dois países à Embaixada da Coreia do Sul. O diretor de Benefícios do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) e chefe da delegação brasileira, Benedito Adalberto Brunca, abriu a reunião dando boas-vindas às autoridades estrangeiras.

“Esse acordo é de fundamental importância para que Brasil e Coreia alcancem em outros setores o patamar já atingido na área comercial”, afirmou Seong Hoon Bae, diretor geral do Centro Internacional do Serviço Nacional de Pensões (CISNP) e chefe da delegação sul-coreana, referindo-se ao acordo previdenciário Brasil-Coreia do Sul, por meio do qual brasileiros e sul-coreanos poderão somar os tempos de contribuição nos dois países para solicitar os benefícios previdenciários.

Para o Senhor Young Eil Kim, diretor deputado do CISNP, as negociações do acordo estão ocorrendo sem grandes dificuldades. “Estou muito feliz com a rapidez com a qual o acordo está sendo negociado e com expectativa da assinatura”, acrescentou. As negociações entre os dois países para a negociação do acordo previdenciário se iniciaram, formalmente, em março deste ano.

A assinatura do Acordo de Previdência Social Brasil -Coreia do Sul entre o ministro da Previdência Social, Garibaldi Alves Filho, e o embaixador do Brasil na Coreia do Sul, Kyonglim Choi, está prevista para quinta-feira (22). Com o acordo, além dos sul-coreanos que vivem no Brasil, serão beneficiados os mais de mil e duzentos brasileiros que vivem na Coreia.

Fonte: Agafisp

Open chat
Fale conosco!
X