ANFIP participa de ato nacional contra a Reforma Administrativa

Nesta terça-feira (3/8), diversas entidades de classe, centrais sindicais, frentes de servidores e parlamentares se reuniram em frente ao Congresso Nacional, em mobilização conjunta, para marcar o retorno das atividades legislativas e reforçar o posicionamento contrário à PEC 32/2020 (Reforma Administrativa).

O ato mobilizou caravanas e representações das cinco regiões do país e teve início com uma passeata em defesa dos serviços públicos, que começou em frente ao Museu Nacional, contornou o Congresso e retornou à Esplanada. O objetivo da mobilização foi unir os servidores públicos para pressionar os parlamentares e alertar a sociedade sobre os prejuízos incalculáveis que a PEC traz aos atuais e futuros servidores e à prestação de serviços para a população.

Construída sem diálogo com os servidores e suas representações, caso seja aprovada, a PEC possibilitará a substituição de servidores em cargos técnicos por pessoal indicado por políticos e partidos, eliminará a estabilidade e o Regime Jurídico Único, entre diversas outras ações destrutivas.

Ao se pronunciar, o vice-presidente de Política de Classe e Salarial da ANFIP, José Arinaldo Gonçalves Ferreira, reforçou que a matéria não pode ser aprovada. “A ANFIP não aceita a quebra da estabilidade. Antes de proteger o servidor, ela protege o Estado brasileiro de políticos corruptos e de administradores irresponsáveis. Essa PEC é ruim para o Estado e pior para a sociedade”, completou. A vice-presidente de Assuntos Fiscais, Eucélia Maria Agrizzi Mergár, também integrou o movimento.

Entre os deputados presentes, participaram da mobilização Rogério Correia (PT/MG), Alice Portugal (PcdoB/BA), Bira do Pindaré (PSB/MA) e Israel Batista (PV/DF).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Open chat
Fale conosco!
X