ANFIP defende aprovação de crédito suplementar para a RFB

O presidente da ANFIP, Álvaro Sólon de França, e o vice-presidente de Relações Públicas, João Laércio Gagliardi Fernandes, entregaram hoje (10) ao deputado Paulo Rubem Santiago (PDT-PE) ofício que defende a aprovação do Projeto de Lei (PLN) nº 21/2012, de autoria do Executivo. Leia aqui o ofício.

O texto está em tramitação na Comissão Mista de Planos, Orçamentos Públicos e Fiscalização e institui abertura de crédito suplementar ao Orçamento Fiscal no valor de R$ 1,228 bilhão, dos quais R$ 476,409 milhões são destinados à Receita Federal do Brasil (RFB). Recorde aqui notícia anterior sobre reunião da ANFIP com a RFB para discutir a importância do PLN 21/2012.

O aporte é essencial para o funcionamento da RFB, como enfatizou o presidente da ANFIP: “Esses recursos são necessários para assegurar os trabalhos desenvolvidos pela Receita Federal do Brasil, que é um órgão importantíssimo para a sociedade e para o funcionamento do Estado”.

Junto com o ofício, a ANFIP entregou ao parlamentar um documento da RFB que expõe os riscos da não aprovação do crédito suplementar (confira aqui), como a paralisação de diversos serviços prestados pela Receita Federal do Brasil. O deputado classificou como justo o pleito da ANFIP e se comprometeu a trabalhar pela aprovação do crédito suplementar.

Fonte:  AGAFISP

Open chat
Fale conosco!
X