ANFIP celebra 65 anos em defesa de associados e da sociedade

Uma concorrida solenidade em Brasília marcou nesta quarta-feira (29) os 65 anos da ANFIP, comemorados em 22 de abril. Diante dos associados e dos integrantes dos Conselhos Executivo, Fiscal e de Representantes, a presidente Margarida Lopes de Araújo fez o registro histórico do período: “Sete mudanças na moeda brasileira. Dezessete Copas do Mundo, com cinco títulos para o Brasil. Vinte e dois presidentes da República. Dezesseis Olimpíadas. Tudo isso aconteceu e a ANFIP já existia. Muito mais está por vir, e a ANFIP estará aqui.”

Ela destacou o empenho da Entidade na defesa do associado e de toda a sociedade. “São 65 anos de uma vida voltada para a melhoria das condições, em primeiro lugar, para os Auditores-Fiscais da Receita Federal do Brasil e, também, para toda a sociedade brasileira. Se, por um lado, lutamos e lutaremos sempre pela valorização da nossa classe, jamais esquecemos a importância de nossa atuação para o fortalecimento democrático do Brasil, com a garantia de acesso de todos os brasileiros a um sistema tributário justo e aos benefícios previstos na rede de Seguridade Social construída também com o apoio da ANFIP.”

A presidente ressaltou a luta da Associação no Congresso Nacional, criticando o projeto de terceirização aprovado na Câmara e agora em tramitação no Senado e cobrando a aprovação do Projeto de Lei 4.434/2008, que corrige o valor das aposentadorias do INSS pelo número de salários mínimos na época da concessão. Ela ainda defendeu a aprovação das PECs 555/2006 (fim da contribuição previdenciária dos servidores aposentados e dos pensionistas), 391/2014 (fixa parâmetros para a remuneração dos Auditores-Fiscais) e 186/2007 (assegura autonomia à administração tributária). Na oportunidade, o ex-deputado Carlos Mota, autor da PEC 555/2006, e o presidente do Mosap, Edson Haubert, presentes à cerimônia, tiveram seus trabalhos em prol da aprovação da PEC 555 destacados pela presidente da ANFIP.

Margarida Lopes disse ainda que a união é a marca registrada da ANFIP e fez um agradecimento especial aos integrantes dos três conselhos da Entidade. “Foi o empenho e a parceria de todos nós que garantiu o sucesso de nossas empreitadas nos últimos dois anos. A verdade é que de 22 de abril de 1950 para cá, muita coisa aconteceu, mas algo permaneceu inalterado: o compromisso da ANFIP com seus associados e com a sociedade brasileira.”

Antes, a diretora Geral do Tribunal Superior Eleitoral, Leda Bandeira, classificou a ANFIP como uma Entidade grandiosa. “Essa trajetória diz para todos nós e nos serve como exemplo de como a luta vale a pena.” O deputado federal Chico Lopes (PCdoB-CE) completou: “Uma entidade que chega aos 65 anos significa que há unidade de corpo, de pensamento e de objetivos, como mostram os Auditores-Fiscais.”

Já o deputado federal Capitão Augusto (PR-SP) constatou: “Não é por acaso que a ANFIP completa 65 anos, sinal de que tem o seu valor reconhecido.” Também presente, o deputado distrital Lira (PHS) parabenizou todos os Auditores-Fiscais pelos 65 anos da Associação e relembrou com carinho a trajetória de seu irmão, Iverildo Antônio da Silva, que integrou o quadro funcional da Entidade de 1995 a 2009, a quem a ANFIP também prestou suas homenagens póstumas. Iverildo, após intensa dedicação, foi aprovado no concurso de agente penitenciário, ofício que cumpria quando foi morto em julho de 2011, no município de Campo Grande, no Rio Grande do Norte.

Por sua vez, o superintendente da 1ª Região Fiscal, José Oleskovics, destacou o reconhecimento da ANFIP. “Uma instituição que com todo esse tempo de existência tem demonstrado competência, conhecimento e serenidade no enfrentamento das causas públicas, na defesa dos interesses da categoria e não só os interesses corporativos, mas a defesa dos interesses da sociedade e dos trabalhadores em geral.”

A solenidade contou ainda com a presença dos ex-presidentes da ANFIP: Gilberto Ulisses Franceschini (1980/1981), Marville Taffarel (1988/1989), Pedro Augusto Sanchez (1991/1992), Floriano Martins de Sá Neto (1993/1995), Álvaro Sólon de França (1995/1997 e 2011/2013), Severino Cavalcante de Souza (1997/1999), Assunta Di Dea Bergamasco (2007/2009) e Jorge Cezar Costa (2009/2011).

Falando em nome dos ex-presidentes, Álvaro Sólon de França constatou: “Uma entidade que se mantém há 65 anos, cresce e vira referência nacional, tendo em seu quadro mais de 11 mil pessoas voluntárias e contribuindo é uma entidade que merece todos os nossos aplausos”. Ele também reforçou os fortes princípios da ANFIP, que, além de defender os associados, sempre lutou por uma sociedade justa e solidária, que reduza a pobreza e as desigualdades.

Selo e carimbo

Na solenidade foi feito o lançamento do carimbo comemorativo e do selo personalizado alusivos aos 65 anos da ANFIP. O diretor Regional adjunto dos Correios em Brasília, Jaime Gomes Cardoso, convidou a presidente Margarida Lopes de Araújo para usar o carimbo pela primeira vez. Também foram chamados para fazer uso do carimbo: o coordenador do Conselho de Representantes, Ademar Borges; o coordenador em exercício do Conselho Fiscal, Paulo Radtke; o presidente do Sindifisco Nacional, Cláudio Damasceno, e a presidente do Sinait, Rosa Maria Campos. O Sinait aproveitou a oportunidade para entregar à ANFIP uma placa parabenizando pelo aniversário. A presidente da Fundação ANFIP, Aurora Maria Miranda Borges, também esteve presente.

Autoridades

Tiveram ainda a presença registrada na solenidade: Daro Marcos, presidente do Sinal; Maria Pereira, superintendente adjunta da 1ª Região Fiscal da RFB; Luiz Carlos Paes, diretor do Sinal; Pedro da Silva, presidente da Federação dos Policiais Rodoviários Federais; Meire Mota Coelho, presidente do Sicop; Onassis Luz, superintendente adjunto da 1ª RF da RFB; Wagner Belchior, coordenador Geral de Recursos Humanos da Previdência Social; Amilton Lemos, presidente da Unafisco Associação; Edson Haubert, presidente do Mosap; Marcelo de Melo Souza, subsecretário de Gestão corporativa da RFB; Maria de Socorro Brito, diretora Executiva da Geap; André Veras, presidente do conselho de Recursos da Previdência Social; José Carlos Araújo, coordenador Geral de Administração Aduaneira da RFB e Adalberto Sanches, delegado da 1ª RF da RFB.

Fonte: ANFIP

Open chat
Fale conosco!
X