ANFIP alerta sobre constantes tentativas de golpes contra associados

A ANFIP reforça o alerta aos associados para que se mantenham atentos a falsas ofertas de benefícios inexistentes para servidores públicos, especialmente aposentados e pensionistas. É preciso ter cautela e não passar informações pessoais que possam comprometer a sua segurança. Na hipótese de esses indivíduos se identificarem como representantes da ANFIP, por exemplo, o associado deve ligar para confirmar a veracidade do que foi solicitado. A Associação esclarece ainda que esse tipo de prática não é utilizado pelas entidades de classe.

As tentativas de golpe seguem um padrão. Geralmente os golpistas se identificam como associações, bancos, escritórios advocatícios e até representantes de órgãos públicos e oferecem ações judiciais que falsamente garantem o recebimento de ações, geralmente mediante o depósito prévio de valores por parte das vítimas.

O associado que receber qualquer documentação ou telefonema com este caráter deve ficar atento, principalmente se não tiver solicitado a postulação judicial de nenhuma ação. Não faça qualquer depósito bancário ou tome qualquer atitude antes de consultar seu advogado. E se receber qualquer telefonema deste tipo, entre em contato com a ANFIP e denuncie. A sua informação é fundamental para que a Entidade possa alertar outros associados.

Os falsos benefícios oferecidos geralmente são referentes a gratificação de desempenho, pecúlio, plano de seguro conjugado ou precatório. Em caso relatado recentemente, a referência foi a um plano econômico já extinto. Estas justificativas são renovadas nas tentativas de golpe.

A Entidade também entrou em contato com vários advogados citados nos falsos processos e eles afirmaram desconhecer qualquer ação desta natureza. Inclusive, não mantêm nenhum vínculo de trabalho com as empresas ou pessoas supostamente responsáveis pela ação.

Em caso de dúvida e para denúncias, o associado ou a associada precisa entrar em contato diretamente com a ANFIP pelos telefones 0800 701 6167 ou (61) 3251 8100 e e-mail juridico@anfip.org.br.

Fonte: ANFIP

Open chat
Fale conosco!
X