O Tribunal de Contas da União (TCU) disponibilizou o relatório da auditoria operacional realizada pela Secretaria de Fiscalização de Pessoal (Sefip) na Receita Federal do Brasil. O objetivo é verificar a metodologia de dimensionamento e alocação da força de trabalho na RFB, mensurar a eficiência relativa entre suas unidades comparáveis – selecionadas as DRF -, e identificar as causas raízes de possíveis ineficiências, oferecendo subsídios para a distribuição mais eficiente dos recursos humanos no âmbito daquela Secretaria.

Acesse aqui o PDF do documento ou leia a íntegra na página do Jus Brasil.

Fonte: ANFIP