No Twitter, ministro da Fazenda disse que negociações para a reforma tributária foram retomadas. Ele também voltou a dizer que governo vai propor mudança na lei de falências e recuperação judicial.

 

O ministro da Fazenda, Henrique Meirelles, afirmou nesta segunda-feira (11), em sua conta no Twitter, que o governo retomou as negociações com o Congresso para a votação da reforma da Previdência, o que ele prevê que pode ocorrer em outubro.

Ainda de acordo com o ministro, após a Previdência o governo pretende se dedicar à aprovação de uma reforma tributária. Ele também disse que, nas próximas semanas, será dado início às conversas com o Congresso visando uma mudança na lei de recuperação judicial e de falências.

A tramitação da reforma da Previdência no Congresso ficou suspensa após a repercussão da delação de executivos da JBS que atingiu diretamente o presidente Michel Temer.

A declaração de Meirelles de que as negociações envolvendo a reforma da Previdência foram retomadas ocorre após a decretação da prisão dos delatores da JBS Joesley Batista e Ricardo Saud por suspeita de omissão de informação sobre crimes.

Se confirmada, a omissão pode levar ao cancelamento do acordo, o que beneficia o presidente Michel Temer.

Fonte:  G1

Fundação ANFIP | Todos os Direitos Reservados.