O prazo para os empregadores domésticos realizarem o pagamento do Documento de Arrecadação do eSocial (DAE) referente a competência do mês de maio termina nesta quinta–feira (7). O documento reúne em uma única guia as contribuições fiscais, trabalhistas e previdenciárias que devem ser recolhidas pelos empregadores referentes aos trabalhadores domésticos. Documentos gerados a partir dessa data serão calculados com multa.

Para a emissão da guia unificada, o empregador deve acessar a página do eSocial na internet – www.esocial.gov.br. Segundo dados do eSocial, até às 10 horas de hoje já haviam sido emitidas 1.013.157 guias relativas à folha de pagamento de junho de 2016.

Esse novo modelo de pagamento foi regulamentado no ano passado. O Simples doméstico contempla o recolhimento dos seguintes encargos:

– FGTS: equivalente a 8% do salário do trabalhador;

– Seguro contra acidentes de trabalho: 0,8% do salário;

– Fundo para demissão sem justa causa: 3,2% do salário;

– INSS devido pelo empregador: 8% do salário;

– INSS devido pelo trabalhador: de 8% a 11%, dependendo do salário;

– Imposto de Renda Pessoa Física: se o trabalhador receber acima de R$ 1.930,00.

Fonte: Previdência Total