A proposta se baseia em sete pilares: (i) aumentar a idade média da aposentadoria programada. (ii) igualar lentamente a idade de aposentadoria de homens e mulheres; (iii) reduzir as aposentadorias por invalidez; (iv) corrigir as distorções da previdência rural e gradativamente igualar as regras de aposentadoria às do trabalhador urbano; (v) adequar as regras de pensão por morte ao padrão mundial; (vi) igualar os critérios de aposentadoria dos servidores públicos aos demais trabalhadores e cobrar uma contribuição maior daqueles que tem privilégios; e (vii) melhorar a gestão do RGPS, reduzindo fraudes e derrotas no Judiciário, cancelando benefícios indevidos, integrando com outros órgãos governamentais e aumentando a eficácia da reabilitação profissional.

Ressalta-se que o documento divulgado pelo Governo ainda não possui qualquer caráter oficial, sendo necessária a adoção dos procedimentos legislativos próprios para validação de tais propostas

Acesse aqui o diagnóstico na íntegra

Fonte: IEPREV