Foto: Evaristo Sá/ AFP

ALESSANDRA AZEVEDO

Ainda é um mistério quem será o relator da nova reforma da Previdência, mas os parlamentares que estão por dentro do assunto já sabem quem não conseguirá o posto. O deputado Kim Kataguiri (DEM-SP), que já se disse interessado na relatoria, sequer faz parte da lista de opções.

O presidente reeleito da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), já vetou o nome do parlamentar. A aliados, ele disse ainda não saber quem será o relator, mas garantiu que Kim não tem chance. Um dos motivos é que teria se indisposto com Maia ao tentar derrubá-lo na disputa pela Presidência da Casa.

Reeleito com 334 votos ao comando da Câmara, Maia tem apoio suficiente para vetar o nome do deputado. De qualquer forma, o novato Kim já não seria uma boa alternativa, porque a prioridade deve ser de alguém que esteja familiarizado com o processo legislativo e com o assunto, disse ao Blog um parlamentar por dentro das negociações. Para ele, “isso não é assunto para quem chegou agora”.

Além da relatoria, também tem muita gente interessada na presidência da comissão especial. O governo sinaliza que enviará um novo texto ao Congresso, em vez de aproveitar a PEC do ex-presidente Michel Temer. Caso essa intenção se confirme, a reforma ainda precisará passar pela Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) e pela comissão especial.

Maia ainda não bateu o martelo sobre a distribuição das presidências de comissões, mas o PSL espera ficar com a CCJ. Um dos nomes estudados é do deputado Felipe Francischini (PSL-PR).

Fonte: Correio Braziliense