Prazo de envio da declaração do IR 2018 termina no dia 30 de abril deste ano e quem não enviar dentro da data pode ser multado pela Receita Federal

Ao enviar a declaração do Imposto de Renda, o contribuinte precisa decidir como vai pagar o imposto devido. O pagamento pode ser feito em cota única ou em até oito vezes. Se a pessoa quiser mudar a forma de pagamento escolhida, precisa retificar a declaração, segundo a Receita Federal.

— A pessoa física que tenha optado pelo pagamento do imposto em quota única deve retificar a declaração para assim poder recolher o imposto parceladamente, até o limite de oito quotas.

A mudança para pessoas físicas pode ser feita pelo site da Receita Federa.

— A pessoa física pode, também, fazer tal alteração, mediante acesso ao sítio da RFB na Internet, opção “Onde Encontro”; “Extrato da DIRPF”.

A Receita determina que o pagamento pode ser feito por meio de “transferência eletrônica de fundos por meio de sistemas eletrônicos das instituições financeiras autorizadas pela Secretaria da Receita Federal do Brasil (RFB) a operar com essa modalidade de arrecadação, em qualquer agência bancária integrante da rede arrecadadora de receitas federais, mediante Documento de Arrecadação de Receitas Federais (Darf), no caso de pagamento efetuado no Brasil ou débito automático em conta-corrente bancária (consulte item 3 do tópico “Atenção”)”.

O prazo para envio da declaração do Imposto de Renda termina no dia 30 de abril deste ano. Os contribuintes que não enviarem o documento dentro da data estipulada pela Receita pode ser multado.

O valor mínimo da penalidade é de R$ 165,74 e pode chegar a até 20% do valor devido.

Para envia a declaração, é preciso baixar o programa do Imposto de Renda 2018, disponível no site da Receita Federal.

Fonte:  R7