A medida, deve gerar uma economia de R$ 11 bilhões aos cofres públicos

O ministro da Fazenda, Henrique Meireles, (Foto: Valter Campanato/Agência Brasil).

O presidente Michel Temer e sua equipe econômica definiram na última quarta-feira, 9, que o Governo Federal vai congelar por um ano os salários dos servidores públicos. A decisão foi tomada durante a discussão sobre a nova meta fiscal. A informação é da coluna de Lauro Jardim, do jornal O Globo.
Novos reajustes estão previstos apenas para janeiro de 2019. Serão atingidos por essa medida as seguintes categorias: auditores da Receita Federal e do Trabalho, peritos médico previdenciário, diplomatas, oficial de chancelaria, entre outras.
O Governo prevê que a economia com o congelamento dos salários seja de aproximadamente R$ 11 bilhões no ano. Esse projeto de paralisar os reajustes já vinha sido discutido desde o ano passado.
Fonte:  O Povo