O presidente da ANFIP, Vilson Antonio Romero, defendeu há pouco, no Senado Federal, que trabalhadores e servidores públicos lutem de forma unida e apartidária por uma Previdência Social pública e solidária. O pronunciamento aconteceu no relançamento da Frente Parlamentar Mista em Defesa da Previdência Social, que é realizada neste momento, no auditório Petrônio Portela. Acompanhe ao vivo: www.senado.leg.br/ecidadania.

O senador Paulo Paim (PT-RS), que preside a mesa de trabalhos e teve a iniciativa da realização do ato, junto com o deputado Arnaldo Faria de Sá (PTB-SP), também chamou a atenção dos presentes: “Precisamos entender que esse movimento só avança se estivermos unidos”.

Centenas de trabalhadores e servidores de diversas entidades associativas e sindicais lotam o auditório Petrônio Portela, do Senado Fedeeral, na manhã desta terça-feira (31). Parlamentares e dirigentes se revezam na tribuna para se pronunciarem em favor dos direitos sociais e da Frente Parlamentar, que é formada por mais de 200 parlamentares e 51 entidades.

Segundo informações dos estados, encaminhadas para o presidente Romero, também está sendo realizado hoje (31) nas principais capitais do País um “abraço simbólico” aos prédios da Previdência para cobrar a volta do Ministério da Previdência Social, que com a nova reforma administrativa teve atribuições divididas entre os ministérios da Fazenda e do Desenvolvimento Social e Agrário.

Na parte da tarde, entre 14h e 17h, será realizado o Seminário: “Desmistificando o deficit da Previdência no contexto da Seguridade Social”, numa promoção da ANFIP e da Fundação ANFIP.

Fonte: ANFIP