Após reunião nesta segunda-feira (28), no Palácio do Planalto, o senador Romero Jucá (PMDB-RR), anunciou que o Congresso Nacional poderá fazer uma autoconvocação, sem pagamento extra para os parlamentares, a partir do dia 10 de janeiro para adiantar a discussão da Reforma da Previdência, a ser apresentada pelo governo nos próximos dias. A oposição, que entrou com representação contra Michel Temer, diz que o caso Geddel poderá adiar a votação do Teto dos Gastos (PEC 55/2016). Mais informações com a repórter da Rádio Senado Hérica Cristian.

00:0001:35

Opções: Download

Fonte: Agência Senado