Funcionário dos Correios eliminado por perda auditiva leve garante nomeação na Justiça

O Tribunal Regional Federal da 3ª Região (TRF3) determinou a contratação de um candidato aprovado no concurso público para o cargo de atendente comercial da Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos (ECT) que havia sido eliminado por problemas de audição. O exame pré-admissional detectou perda auditiva leve, comprometendo somente frequências agudas (3kHz a 8kHz),porém, a…