CREMERJ REPUDIA DIRETRIZES DA PEC 241/16

O CREMERJ se posiciona contra a aprovação da PEC 241/16, por considerar um retrocesso na luta pelo avanço e valorização do Sistema Único de Saúde (SUS). O texto da emenda, aprovada ontem, 10, em primeiro turno na Câmara dos Deputados, prevê o congelamento do piso do gasto federal com saúde por 20 anos. Dentre as…

Drauzio Varella grava depoimento contra a PEC 241

“Deixaremos grandes massas populacionais desassistidas”. Drauzio Varella, um dos médicos mais respeitados do Brasil, explica que o corte de investimentos na área da saúde, com a aprovação da PEC 241, tem como objetivo acabar com o SUS e prejudicar os pobres. O médico oncologista e escritor Drauzio Varella declarou (Link do vídeo abaixo) seu apoio à…

Gerson Salvador: Como ficará o acesso a novos tratamentos, se o dinheiro do SUS estiver congelado? Vaga em hospital será luta fratricida!

Nesta segunda-feira (24/10), a Câmara dos Deputados vota em segundo turno a catastrófica Proposta de Emenda Constitucional 241 (PEC 241), do ilegítimo governo Michel Temer. PEC do arrocho, da morte, da maldade, do fim do futuro, ela ameaça os direitos sociais duramente conquistados a partir da Constituição de 1988. “A PEC 241 é o início do fim do incipiente estado de bem-estar…

COFECON DIZ NÃO À PEC 241

Na semana em que inicia-se a votação da PEC 241, o Cofecon posiciona-se contrário à proposta, relembrando a Carta do XXV Since. O Conselho Federal de Economia, entidade representativa dos 230 mil economistas brasileiros, posiciona-se francamente contra a PEC 241, posicionamento adotado no 25º Simpósio Nacional dos Conselhos de Economia, realizado de 31 de agosto…

Migalhas nº 3.975

“Todos querem ser empregados públicos ; artistas de talento estão prontos a deixar a oficina pela repartição.” Joaquim Nabuco (Clique aqui) Matando Finados Na próxima sexta-feira, dia 28, como se sabe, é comemorado o Dia do Servidor Público. Nos TRFs e nos TRTs, no entanto, a comemoração da efeméride foi transferida para segunda-feira, dia 31.…

Sobrevivendo por aparelhos e em estado vegetativo

Eduardo Muniz M. Cavalcanti Além de cominações de penalidades sem limites claros e objetivos, revelando um emaranhado de regras dissociadas de princípios, com uma única saída: a edição de um Código Tributário Nacional. Nos próximos dias o Código Tributário Brasileiro completa 50 anos de vigência. A lei 5.172/66, tida à época como uma das legislações mais modernas, ao…