Projeto prevê que servidores do Rio paguem 14% de contribuição previdenciária

Cármen Lúcia: servidores podem receber descontos maiores (Fábio Rodrigues Pozzebom/)

Na última sexta (30), a presidente do Supremo Tribunal Federal, Cármen Lúcia, derrubou uma liminar que impedia o aumento da contribuição previdenciária dos servidores fluminenses.

Dessa forma, o projeto que prevê o incremento de 11% para 14% da contribuição fica livre para ser votado pela Assembleia Legislativa do Rio.

O desconto é uma das medidas do pacote de austeridade do governador do Rio, Luiz Fernando Pezão, para estancar a crise financeira do estado.

Fonte: Veja.com