Jucá sugeriu que o TCU faça a intermediação dos números da Previdência/Arquivo

Texto da CPI no Senado foi aprovado por unanimidade, inclusive com o voto de Romero Jucá

Com voto do líder do governo no Senado Federal, senador Romero Jucá (PMDB-RR), foi aprovado por unanimidade esta tarde o relatório da CPI da Previdência Social. O texto afirma que o déficit previdenciário é uma fantasia do governo e que não é necessário qualquer tipo de reforma na seguridade social que prejudique o trabalhador e o aposentado.

A unanimidade foi possível após acordo entre os membros da Comissão pela retirada do indiciamento dos ministros Henrique Meirelles (Fazenda) e Eliseu Padilha (Casa Civil).

Jucá, ao votar, mencionou a Associação Nacional dos Auditores Fiscais da Receita Federal (Anfip). Afirmou que “seu método ortodoxo de analisar as contas da Previdência” e solicitou que o relatório seja enviado ao TCU para que haja mediação entre os diversos números. A entidade foi fundamental na finalização do texto apresentado pelo relator da CPI, senador Hélio José.

Fonte: mistobrasilia.com.br